Mais um...

Pensei muito sobre tudo que conversamos, passar o passado à limpo, enfrentar as mágoas de estimação, fechar a contabilidade entre os sentimentos que estão em conflito e fazer as pazes comigo mesma. Se algumas revoltas não confessas precisarem de expiação, cumprir a devida penitência.

Voltar para dentro é sempre a parte mais difícil, expor o que está dentro é conseqüência que acredito ser suportável.
Preciso de um espaço para organizar essas idéias, daí a idéia do 3º blog, aquele mesmo projeto de 3 anos atrás que acabou por se transformar no meu quintal cheio de prosa e gatos... (rindo muito)

É hora de criar coragem e dar vasão às conversas com meu botões. Já estou providenciando o “cantinho”, quando terminar a decoração (quanta frescura desnecessária), abro as portas ou as “casas” para que as idéias passem aos mesmos botões que muitas vezes respondem ou comentam meus questionamentos..

Carta à um amigo ou amiga? Não será necessário, os botões podem ser qualquer pessoa que deseje ser amigo ou simplesmente goste de ler as divagações sem o comprometimento com a forma poética ...

Nenhum comentário: