Sinto Saudade



Saudade! Sim, sinto saudades...

Das coisas boas que deixaram suas marcas na minha vida. Das outras não sinto saudade.

Sinto saudade quando vejo retratos, quando sinto cheiros, quando escuto uma voz, quando me lembro do passado sem o passar à limpo...

Amigos que nunca mais vi, da minha infância, do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro, do penúltimo e daqueles que ainda vou viver, sinto saudade...

Do presente que estou meio que vivendo por não o viver completamente, que não aproveitei de todo lembrando do passado, mas nao pensando no futuro, sinto saudade...

Do futuro, que não idealizo, porque provavelmente não será do jeito que se quer ou talvez até seja, quem sabe? Sinto saudade...

De quem me deixou e de quem eu deixei, de quem não apareceu, de quem apareceu correndo, sem me conhecer direito, de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer, sinto saudade...

Dos que se foram e de quem não me despedi, dos que não tiveram como dizer adeus ou não ouvi ocupada que estava em sonhar,de quem passou na calçada contrária da minha vida e que só enxerguei de vislumbre, sinto saudade...

Dos livros que li, dos discos que ouvi, do que vivi , do que passou por mim e não vivi, do que vivi pelo meio sem a totalidade, sinto saudade...

Do não sei o que, do não sei onde. do que tenho, do que perdi, sinto saudade...

Sinto saudades de mim...

Nenhum comentário: