Do que não sei


Olhar que não desnuda,
alma e corpo pulsam.

Boca que não consone,
alma e corpo ardem

Voz que não acalma,
alma e corpo esperam.

Meu amor faz a hora acontecer,
porque do que não sei
quero padecer feliz e em paz.

Nenhum comentário: