Superfaturado

Estou no tempo
onde o tom de falar
como se o presente
passado já fosse
e vice-versa,
me mantém em formol.
Não sei se fico
ou se parto.

Talvez me aparte
desse tempo
que é um parto,
antes que ele, o tempo,
crie raízes e,
eu perca o tempo desafinando,
desafiada e conservada
na estática fora do tom.

Nenhum comentário: