Amado


Por que eu me permito
ser o tudo e o nada que me corrompem?

Por que meu pensamento insiste sempre em estar contigo?

Por que essa urgência em te ferir não se escoa
Quando tudo eu daria para te encher de risos?

Tem certas coisas que eu não deveria dizer,
mas você sempre estará comigo,
Na alma,
Pensamento
E nos meus silêncios...

Nenhum comentário: