Espera


Tão estranho dois seres serem um só
quando somos tão nós.
As palavras e os pensamentos
Algumas vezes ficam suspensas
Porque carecem de gestos,
Sonhos de corpos e almas
Em fusões.

E ficam no tempo da espera,
sempre à espera,
desses sonhos só nossos.

Nenhum comentário: