Fobia


Ouvi espinhos da tua boca,
Farpas jaziam no teu coração,
Meu ser recuou com medo
De morrer e sangrar
Assim tão cedo!

Fiquei fobia
De vida não vivida,
As palavras ornam
Frases infinitas
Para depois calarem
Os momentos tão nossos...

Nenhum comentário: