Beijo Criança



Tomar as tuas mãos, tímida.
Acariciar cada centímetro
Das tuas linhas destino
Sem nada querer e querendo tudo.
Olhar-te nos olhos e beber
Todos os brilhos que encontrar,
E neles mergulhar como em sonhos
Tocar teu rosto com meu rosto,
Roçando e sentindo tua barba.
Chegar em tua boca
Sem pressas e sem medos.
Morder teus lábios
Como quem come beijos.
Bocas entreabertas,
Línguas brincando,
Lábios fingindo não querer...

E o desejo crescendo,
A boca suplicando,
Os olhos se fechando,
Os braços puxando
E tornando-se abraços.
O corpo se tocando,

A boca se abrindo,
E os gemidos crescendo
Até se entregarem beijo...

Foto: Beijo de Rodin

Nenhum comentário: