Porque me faltam palavras...

Quando duas pessoas são do mesmo sentimento, não adivinham, ou pelo menos há uma delas que adivinha o que quer dizer a outra sem que esta outra o entenda ou ouse entendê-lo.
Quando amamos, aparecemos diante de nós mesmos muito diferentes do que antes éramos. Imaginamos assim que todos disso se apercebem; nada contudo pode ser tão falso. Mas pois que a razão tem a sua vista limitada pela paixão, não podemos ter a certeza, e continuamos sempre a desconfiar.
Quando amamos, persuadimo-nos de que descobriríamos a paixão de um outro: por isso temos medo.
Quando mais longe é o caminho no amor, tanto maior é o prazer que sente um espírito delicado.

Blaise Pascal

Nenhum comentário: