A memória é o inventário das saudades acumuladas

uma voz murmurada e familiar,
uma cumplicidade secreta partilhada,
um céu estrelado (que nem sempre se vê),
silêncios interrompidos,
sonhos de cheiros e cores,
livros espalhados pelo chão do quarto,
algumas saudades escondidas,
a doçura de um abraço adivinhado...

A memória é o inventário
das saudades acumuladas
e digo amor como quem diz segredo.

Nenhum comentário: