Não importa


Não me importo
Se acordo ou durmo,
Se me alimento ou passo fome,
Se é dia ou noite,
Se é preciso reagir ou ceder,
Se é caminho ou atalho,
Se é certo ou errado...

Não me importo
Com a dor,
Com o vazio,
Com o que escrevo,
Com o que falo,
Com o que escuto,
Com o que calo,
Com o tudo ou com o nada...

Meu coração que bate em desassossego
Não se importa com mais nada,
Bate em compasso de encontrar
Alguma paz em não se importar...

Sem você o EU não faz sentido,
O tempo que tenho
Não é meu e não importa mais...

Não importa quem ganhou ou perdeu,
Como vão contar a minha história,
Como tudo terminou,
Para onde vou,
Se estou em paz,
Se estou em mim,
Se o fim é uma palavra
No canto inferior
Ao lado oposto
Do coração...



Foto: Jeff Grant

Nenhum comentário: