Seu nome?



Você diz saber, entender e tudo mais.

Você aponta o dedo e diz que eu não sei ver a tua alma.

Acho melhor não “ver”,

Gostaria sim de senti-la

Mas a tua alma é como a minha,

Não se quer descoberta

É, você deve ter razão,
Não existem pactos ou contratos de amizade.

Eu me enganei...

Enganei-me no querer.

O que eu queria?

Não eram as tuas formas e cores...
Eu queria poder andar contigo,
conversar como se falasse comigo.
Queria alguém invisível, sem rosto e formas.

Despido dos detalhes materiais

Queria alguém que sentisse parecido...

Anônimo?
- Sim
Presente?
- Sempre

Então aqui fica um beijo

Aquele cujo nome não sei.

Nome: palavra para designar alguém que queremos oculto

Nenhum comentário: