A Águia


Meu amor eu sou
a certeza que trazes
perdida em ti
Não são as dúvidas
que me atormentam
É antes o teu teimar
que consegue ser maior
E a minha vontade,
ainda que férrea,
Está tão cheia de cansaços...
Tão contraditório
quanto verdadeiro
Tenta entender meus sinais
antes que eu me detenha nos caminhos
e volte ao porto de poucas bandeiras,
E me torne novamente porto solidão
A águia voa alto e sozinha....

Nenhum comentário: