Teu nome



Sim, era eu...

Quem mais traria nos dedos,
Na pele,
Na lembrança,
No coração
e em cada célula de seu ser
O teu nome mágico,
Aquele com que te ungi
E forjei na minha alma
Com versos e silêncios...

Nenhum comentário: