Ele e Ela



Com dedos te tocar,
E com lábios despertar
Deixar que me tomes
Com mãos de posse.
Serenizada,
irei me abrindo
Em clareiras enluaradas.
Macho que afaga e deflora
Para violentar e ser violentado
Fêmea no cio fúria
Para engolir e ser mastigada.
Vem domar o meu espanto
de ser subjugada
e me entrega teus medos,
pois é entre pernas que guardarei teus segredos
Fundidos como o Sol e a Lua,
Num eclipse exato...

Ouvindo: Black Velvet

Fotos: Eclipse Lunar (Web)

Nenhum comentário: