Ponto Final


Neste lençol feito de homem e mulher
Sob a textura secular de um beijo
Pousa a tua boca no meu seio


Não ponha raiz sob meus pés
Não me julgues contida
Vem com teu exercito de dedos
Muito leve e manso
Tatear minha pele e o corpo inteiro
Antes do cansaço
O grito que habita
O orgasmo infinito
Meu amor é ponto final



Foto: Google


Nenhum comentário: