Eclipse

ele o Sol

Quero apenas que me toques o corpo
Pois a minha alma e coração te pertencem
Pousa teu calor e me enche de luz
Pois não reluto, entregue estou
O meu prazer é um sonho no teu corpo
O teu prazer espelho do meu corpo
Ficamos aqui, o segredo entre nós
Vivemos e são nossas
súplicas as únicas
que se ouvem umedecidas em beijos
Na areia dourada corpo inundado
De risos e prantos e a boca cheia de fome
Eu chamo você agora e meigamente
Venha.... devagarzinho meu amor
Feita de espera toda a carne do amor escrevo
Pela tua luz que me desvenda aos poucos
Entrego minha vida, que sejas o caminho





Ela sendo a lua

Guardei de mim o que te dou agora
Uma canção de amor que se quer tocada
Lua inteira despida,
doce amante que se entrega inteira,
Fêmea arfante que se quer sob teu julgo,
E nos ritmos do teu amor cavalgar
em viagens tecidas sobre a cama
Deixar que o Sol amanheça entre seios
E se ponha entre vales
que se abrem para o amor,
e que seja para sempre
no infinito de 15 segundos





1. Eclipse solar - Google
2. Eclipse lunar eclipse - Michael Oates

Nenhum comentário: