Azul

Um dia de inverno sem asas,
sonhei com o AZUL.
AZUL que me incendiou com o seu olhar de artista.
Agora trago o céu,
os amigos e as nuvens nas persianas do tempo,
onde há luz AZUL
e tragos de sol
(e vento, gosto do vento).

Nenhum comentário: