Jardim



Vou plantar um jardim
Na minha alma
E fazer meu corpo florecer.

Jardins precisam de terra,
Sementes e boa mão para existir,
A terra para o jardim da alma
Chama-se sonho,
A semente do corpo é o desejo.

A alma nua se oferece
Ao deleite desse sonho
Sem vergonha alguma.
O corpo se entrega
Em tuas mãos de jardineiro
Cheia de querer...

O sonho, Sozinho,
É pássaro sem asas,
É letra da canção a espera de melodia,
É meu corpo querendo você...


Tela: Jardim florido, Van Gogh

Ouvindo: Jeito de mato


Nenhum comentário: