Melancolia


Estou em silêncio há horas.

Às vezes esqueço
de me de desligar do coração.

Levo a angústia atrás de mim
e de um lado para o outro.

Apontados meus erros antigos
esquecem de mim,
eu não esqueço.

Ouço meus silêncios
e não me dizem nada,
então deixo-os em paz.


Itimos sorrisos
e tantos poemas por escrever,
não sei quando vou fazê-lo.

Lágrimas estreitas
e outros poemas escritos ao longo do ano,
não sei se vou mantê-los.

Talvez os rasgue em tempo oportuno,
incapacidade para qualquer coisa
além da tristeza .

Nada mais resta
que não seja este velho hábito
de me sentir despovoada.

Não é apenas melancolia,
- juro.

Foto: Alba Luna

Nenhum comentário: