Meu Jeito de (te) Amar



Amo-te tanto
Que me sinto criança

Rodopiando cantigas,
Brincando na chuva,
Penteando bonecas.

Desejo-te em ardor
,
Como mulher,
Pernas e bocas
Se abrindo
Em febre e tremor,
(Se assim o fosse).

Nenhum comentário: