Hoje, a Noite não tem Luar (nem estrelas)




A Lua, irônica me espia,
o coração anda pequeno e suspira manso,
Não sei se sou atriz ou espectadora,
Nem importa, já que ambos fazemos parte do show,
Onde está minha alegria?
- Anda cativa do que tu calas...
Hoje não te estendi a mão,
hoje não quis te adivinhar
E nem te ouvir falar de outras me incomodou,
Hoje nossas distâncias foram maiores...


Queria beber tuas palavras sem compromisso
E falar contigo como quem fala sozinho
Não eram as tuas formas e cores,
eu queria poder andar contigo,
conversar como se falasse comigo,
alguém invisível,
sem rosto, forma e essas coisas tão materiais

Queria alguém que sentisse parecido...

Anônimo?
- Sim
Presente?
- Sempre

Ouvindo:

Minha Herança Uma Flor

Onde Ir




Nenhum comentário: