1


A noite chega
Vejo as estrelas, fato raro, e me pergunto:


- O que farei quando a luz se for?

As portas que você abriu
Eu não conseguirei fechar...

Está escuro,
Não posso ver e nem ser vista
Apenas silêncios sem remédios

Se um dia, em paz consigo mesmo
Olhares o céu à noite
Procure uma estrela e faça um pedido por mim,
Pois daqui, o mais fácil, é sempre adivinhá-las...

Seja criança nesse momento,
Deixa o homem descansar

E lembre-se de mim...

Peça que meus olhos não se fechem
Antes de repousarem ao menos mais uma vez nos teus.
Lembre-se de mim, pois em algum lugar,
Estarei sempre pensando em ti.
Meus olhos se fecharão à idéia dos teus,
E a tua ausência será minha dor serenizada...

Não esqueça de guardar um pensamento para mim
Pois eu nunca vou te esquecer.

Nenhum comentário: