5




Hoje trago vazios,
Sinto pelos ciúmes
Que não causei,
Pelas brigas
Que nunca tivemos,
Pelo que nunca ousamos,
Pelo que nunca saciamos.

Sinto não ter sido
A única em tua vida

Pode ser que tudo passe
Que o tempo de dor
Seja uma quimera
E que eu possa voltar
Em qualquer primavera...


Tela: Helles Bild, 1913 - Wassily Kandinsky

Nenhum comentário: