4


Alma elevada ao céu - Adolph-William Bouguereau

Em meu sonho,
Estar a teu lado
Seguir-te,
Sem ter que partir.

Ao despertar

Olho a minha volta e
Ninguém a espera...

Em minha desesperança
Sem medida,

Rasguei tuas cartas,

Minhas lembranças,

Tuas juras...


Guardei apenas um poema,
Pode ser que venha a me arrepender...

É o que sempre acontece

Quando tomamos decisões

No calor de uma dor de amor
Mas quem sabe um dia,

Desses que sempre chegam,
Eu não chore

Essas lágrimas que não saciam,

Eu não sinta

Essa raiva desmedida...
E quem sabe nesse dia
Eu possa levar comigo
Teu olhar
,
Que era cheio de amor,
E teu sorriso
,
Que era repleto de esperanças
No futuro que não tivemos...

Ouvindo (messsssmo): Lo Desaria Tudo

Nenhum comentário: