Bilhetinho


Ando em fases
de deixar o vento
embaraçar os meus cabelos,
embaralhar meus pensamentos...

Ando em fases
de ser uma biografia esparça,
entregue aos cuidados
desse mesmo vento que
ora me lambe com as saudades
de momentos sentidos à flor da pele,
ora me chicoteia com os arrependimentos
do que ficou pela superficie
e nunca foi aprofundado.

Ando em fases
de consentimento,
de entrega total,
de sorrir à toa,
de sonhar acordada,
de seguir sem pensar,
de amar apaixonadamente.

Ando mais dobrada
que bilhetinho de amor...

Nenhum comentário: